Neuralink: Elon Musk acredita que será possível ouvir músicas diretamente do cérebro

Neste domingo (19), o empresário e cientista Elon Musk, co-criador da empresa Neuralink, disse via rede social que sua empresa está estudando a criação de um chip que permitirá o usuário ouvir músicas pelo cérebro. Além desse uso, realizar o controle de computadores também é um objetivo.

O novo foco de trabalho da empresa seria uma estratégia muito ousada, como todas criadas pelo cientista. Rebatendo a ideia de que poderia não ser seguro, Musk afirmou as suas invenções são devidamente testadas inúmeras vezes, até serem divulgadas.

Recentemente, por meio de suas redes sociais, ao ser questionado pelo cientista Austin Howard se a implementação da ferramenta iria permitir escutar a música direto do chip, o empresário respondeu que sim. O projeto ainda não está em fase de teste em humanos, mas o experimento já realizado em macacos.

Neuralink: Elon Musk acredita que será possível ouvir músicas diretamente do cérebro
Fonte: (Reprodução/Neuralink)

 

Conheça mais detalhes sobre a nova proposta da empresa de Elon Musk.

Novo projeto do empresário

No projeto, atualmente trabalham apenas neurocientistas escolhidos rigorosamente mas, segundo Musk, ele já está na busca por mais pessoas interessadas que sejam tão eficazes quanto para atuarem no trabalho. No dia 28, próxima terça-feira, serão divulgadas novidades sobre o andamento do projeto no seu perfil no Twitter

O controle de computadores pela mente não é uma novidade no mundo tecnológico. Projetos como esse já foram testados em Matthew Nagle, que possui paralisia do corpo, e o permitiu jogar “Pong” por meio do videogame Atari. Matthew é considerado a primeira pessoa da história a controlar um computador com sua mente. 

Diferente do experimento feito em Matthew Nagle, nos itens criados pela Neuralink serão usados fios menores com eletrodos implantados por meio de um robô, capaz de instalar até 6 equipamentos por minuto. Com a informação, afirma-se que o risco de causar futuros danos cerebrais são muito menores.